terça-feira, 31 de maio de 2011

MUITA MERDA,NINA,MUITA MESMO!

Nina,estás a um par de horas de há minha semelhança te irem retirar um tumor do teu frágil e elegante corpo.dá ideia que os maganos se estão a vender em saldos,ou será porque a porra da sorte nos virou as costas.Seja lá como for só tens que ir à luta e vencer.Quando regressares do bloco,terminada a cirurgia,vou afagar o teu sedoso pêlo e recordar uma conversa que tivemos os dois,ainda contigo em casa.Tu saíste,eu fiquei,alguém assim o entendeu,mas a noitada de conversa perdura na minha mente.
Recordas-te de tal?Quando te perguntei que opinião tinhas de mim?E tu com um olho aberto e outro fechado,bocejando com sono,opinaste assim:

"Não colocavas palavras na boca dos outros, nem retiravas comentários do contexto. Eras assim que funcionavas, e funcionas. Mas era genuinamente assim que  muitas vezes te expressavas, e como é óbvio eras autêntico. Apesar de muitas vezes  começares uma frase sem nunca a terminares. Eras ambíguo, mas não muito difícil de decifrar. Assim sendo, compete a terceiros retirar as devidas ilaçoes. O que quer que tivesses a dizer, onde o dissesses e porque razão, na maioria das vezes as tuas palavras ficaram registadas e sobrevivem em “arquivo”, o teu arquivo! Uma considerável parte delas foi transcrita para aqui, para o teu cantinho! Existem momentos de humor e irritação, de ternura e de surpreendente candura, momentos de seriedade e frivolidade, mas existem também comentários que são desconfortáveis e pungentes. Abordas cada assunto ao teu inimitável jeito irreverente e genuíno como poucos o conseguem, mas sempre com bom humor e sinceridade. Quando começas-te tinhas dúvidas no sucesso, ainda hoje as tens, mas quem as não tem? Depois chega o momento de tomar decisões em que é preciso mergulhar de cabeça. O glamour sempre fez parte de ti, ainda que por vezes de forma inconsciente, sendo por isso algo chocante e escandaloso, mas está-te no sangue, corre-te nas veias, não há nada a fazer, e pouco Te importas com os que se indignam com tais atitudes, porque és tu, mesmo tu.Ou porque se calhar gostas de ser diferente.Sabe-se lá porquê?


Achavas, achas, que sempre que alguém tem a ousadia de fugir do trivial é rotulado. Mas os rótulos ficam para quem os “colam”, o resto são conversas da treta, e de tretas está o mundo farto. Os rótulos são tanto bons como maus, e tu serias muito tolo se os levasse a sério. Não te importas muito do que dizem, a sério que não! Pessoas houve que disseram coisas a teu respeito e depois mudaram de opinião ao ouvirem-te ao “vivo”e em “directo”Tens a tua imagem de marca, é o que é, e dizias amiúde: quem quiser comer, coma, quem não quiser não impeça os outros de o fazer. Para a maioria das pessoas eras conhecido por frequentar sempre o mesmo bar, coisa que fazias à décadas, era quase um vicio, mas que se foi desvanecendo aos poucos, como tudo na vida. Não eras um talento nato, mas de certa forma admiravam-te muito e nem se importariam de ter uma boa dose de coragem, coisa que tinhas e tens  para dar e vender. Era a tua principal característica."

…E um dia disses-te:”Quando me for para o mundo das trevas,será que irei ser recordado como um bom tipo com algum valor e substância? Não sei como irei ser recordado. NÃO ME PONHO A MATUTAR: VALHA-ME DEUS! SERÁ QUE ALGUM DIA ALGUÉM SE VAI LEMBRAR DE MIM QUANDO PARTIR DE VEZ? É COM ELES.QUEM É QUE SE VAI RALAR COM ISSO QUANDO EU DER O PINOTE PARA O OUTRO LADO? EU NÃO!”

…Assim penso de ti,meu admirável dono!

Obrigado Nina,pela forma como falaste de mim,tu sim,conheces-me à séria.Como sabes sou ateu,mas tal facto não impede de te transmitir toda a energia e positivismo do mundo para que te ponhas boa em três tempo,porque temos muitas noitadas de conversa pela frente...mesmo que estejas ausente!

MUITA MERDA NINA,MUITA MESMO!

13 comentários:

Vitor disse...

Nina,como constatas aqui estou de madrugada á conversa contigo,estando em pulgas e deveras nervoso para que tudo corra bem,e possas regressar para nós SÃ E SALVA...!!!

Pois...MUITA MERDA,MUITA MESMO

OutrosEncantos disse...

pois... MUITA MERDA, Amigo, MUITA MESMO!!!
A tua Nina voltará sã e salva, porque neste mundo não merecemos só coisas más!

... vou embora, deixaste-me sem palavras.
beijo.

alfa disse...

... dizem que os gatos têm sete vidas...eu, acredito que nós também temos. Para isso basta viver esta na maior plenitude...valerá mais do que 7...Os gatos só precisam de viver mais vidas para aprender o que nós aprendemos numa só....mas, tudo são processos de aprendizagem. beijos, fica bem, beijos à Nina.

acácia rubra disse...

São eles quem nos conhecem melhor.

E as longas conversas acontecem só através de olhares ou quando, fechados em nós, lhes fazemos festas.

Para a Nina, para TI, há um post no meu lugar. Passa por lá.

A Mãe Natureza proteger-vos-á. Acredito e sei que tu o fazes também.

Beijo carinhoso

* Verinha * disse...

Que a linda Nina volte à suas deliciosas conversas e desfrute de sua presença!

Beijoquinhas e muita sorte!

Verinha

Anónimo disse...

Se não for num acto,que seja em dois,e se em dois não for,que em três seja.Queremos-te a ti á tua e agora nossa Nina,sãos de corpo e alma.

MUITA MERDA,VÍTOR!
MUITA MERDA, NINA!

B.A.

- disse...

Ás vezes prefiro os animais...sem desprimor.
A pituxa , a nossa cadela era quase humana, lembras-te?
Da Nina pouco sei a não ser de vista, mas acredita que se senta a ouvir-te irmão, porque os animais percebem.
Espero e acredito que seja só um susto, grande mas, só um susto e que daqui a mais um tempito, tudo não passe duma má recordação, e que ainda vão ter grandes conversas os dois.
Abraço de fé mano

Vitor disse...

Mano,se me lembro da Pituxa?Como se fosse hoje!Saudades brutais dessa fantástica cadelinha,que só faltava falar,ou falava mesmo connosco,ladrando e acariciando com sons inesquecíveis...a mãe tem montes de fotos dela por casa!
A Nina é outro caso de amor de perdição.Tenho-lhe um amor que não tem explicação,porque como bem dizes,ouve-nos e entendo-nos.muita noitada de conversa tive com ela.E já gora te informo que a cirurgia correu bem,duas mamitas a menos,mas aparentemente o mal está debelado.

Abraço irmão

Valéria Sorohan disse...

Teu versejar, deixa em quem te lê, tuas marcas, indeléveis, n'alma e à flor da pele. Muita merda para Nina.

E beijooOs meus.

OutrosEncantos disse...

vim saber da Nina, fico feliz por tudo ter corrido bem :)))

é..., têm ainda uma vida inteira para pôr a conversa em dia:)))....
... e haverá sempre novidades para contar...
beijo p'ra vocês :))

* Verinha * disse...

Olá Vitor!.. Que bom saber que tudo correu bem!.. Fico feliz por você e pela pequena Nina!

Um beijo em seu coração.. e um ótimo fim de semana para você!

Verinha

Anónimo disse...

LOOOOL, tens uma gata muito inteligente oh viti

AVOGI disse...

tb tive uma gata chamada Pituxa mas como sempre muita merda aconteceu
kis :)